Home / Empregos e carreira / Carta de demissão: modelo, como fazer e mais!

Carta de demissão: modelo, como fazer e mais!

Aprenda como fazer uma carta de demissão, um documento que oficializa o pedido de desligamento da empresa. Veja dicas para redigir um bom texto e inspire-se em dois modelos prontos.

Nem todas as pessoas estão satisfeitas com os seus respectivos empregos. A atividade profissional pode se tornar um verdadeiro peso quando o empregado já não se identifica mais com a empresa, recebe uma proposta melhor ou tem o desejo de abrir o próprio negócio. Nesse caso, o melhor a se fazer é pedir demissão.

Carta de demissão modelo, como fazer e mais!

Quando o empregado que se desligar da empresa, ele normalmente vai até a sala do chefe e faz o pedido de demissão através de uma conversa. No entanto, também é possível formalizar a solicitação de desligamento através de uma carta de demissão.

O que é uma carta de demissão?

A carta de demissão é um recurso criado para formalizar o pedido de demissão de um colaborador. Ela deve conter um texto claro, objetivo e direto.

Para fazer o documento, o empregado deve falar sobre os motivos que levaram a decisão de sair da empresa. Ele deve ser breve no seu discurso, pontuando apenas “razões pessoais” ou “razões profissionais”. Também é importante deixar claro o desejo de cumprir com o aviso prévio de 30 dias ou não.

O colaborador pode imprimir duas vias da carta de demissão (uma para ele e outra para o chefe). Em alguns casos, é preciso providenciar outras cópias da carta para encaminhar para o RH da empresa e sindicato Também é possível enviar esse pedido de forma digital, através do e-mail.

Dicas para elaborar carta de demissão

Para produzir uma carta de demissão, o profissional deve seguir algumas dicas de etiqueta e regras corporativas. Confira:

  • O documento tem apenas a finalidade de comunicar a saída da empresa. O funcionário não deve fazer críticas ao chefe ou colegas de trabalho.
  • Escreva a carta de maneira positiva, sem deixar margem para conflitos.
  • Através do texto, demonstre gratidão pela oportunidade oferecida e dê ênfase a boa relação construída com a organização.
  • Não deixe a insatisfação com a empresa se transparecer através das palavras. Lembre-se que, num futuro próximo, você pode precisar de uma indicação.
  • Diferentemente do currículo, a carta de demissão é um documento que precisa ser assinado pelo empregado.

Modelo de carta de demissão

Muito cuidado com o que você vai escrever na carta de demissão. (Foto: Divulgação)
Muito cuidado com o que você vai escrever na carta de demissão. (Foto: Divulgação)

Veja a seguir dois modelos prontos de carta de demissão:

Carta de demissão com dispensa do aviso prévio

À (nome da organização)

Prezado(s) senhor(es),

Por razões profissionais, venho por meio desta carta oficializar o pedido de demissão do cargo que ocupo nesta empresa. Acrescento, ainda, o interesse de sair neste momento e solicito a dispensa do cumprimento do aviso prévio.

Atenciosamente,

(Cidade), (dia) (mês) (ano)

(Assinatura do empregado)

(Nome do empregado por extenso)

Carta de demissão com cumprimento do aviso prévio

À (nome da organização)

Prezado(s) senhor(es),

Por motivos pessoais, apresento o meu pedido de demissão através desta carta.

Vou me desligar do cargo que ocupo, mas informo que cumprirei o aviso prévio previsto por lei, no período de ____ a _____.

Sem mais,

(Cidade), (dia) (mês) (ano)

(Assinatura do empregado)

(Nome do empregado por extenso)

E aí? Pronto para escrever a sua carta de demissão? Se tiver alguma dúvida, deixe um comentário.

Recomendados para você:

About Isabella Moretti

Check Also

Cálculo de rescisão: o que é? Como é feito?

Conheça tudo sobre o cálculo de rescisão, como ele é feito e muito mais! Entre ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *