Home / Benefícios sociais / GPS em atraso: como resolver? Aprenda aqui

GPS em atraso: como resolver? Aprenda aqui

Entenda o que  é a GPS e como resolver a GPS em atraso com nossas dicas!

O Guia da Previdência Social é um dos tributos que as pessoas físicas precisam pagar por ter seus funcionários e outros tipos de trabalhadores regularmente. Normalmente, esse tributo tem uma data estipulada para pagamento e se atrasa, é preciso saber como pagar depois do vencimento. Saiba tudo sobre o GPS em atraso abaixo para poder resolver o da sua empresa.

Para começar: o que é GPS?

GPS significa Guia da Previdência Social e é um tributo destinado a toda pessoa jurídica que possui funcionários contratados. Além disso, esse guia é utilizado para recolher os tributos devidos pelas empresas sobre diversas situações, como: trabalhadores autônomos, profissionais liberais, contribuição de sócios e administradores e até para importâncias retidas de terceiros. Tudo isso de acordo com os termos da Lei Orgânica da Previdência Social.

gps

GPS em atraso: como resolver?

Apesar de não ser o ideal, às vezes a empresa pode precisar atrasar o pagamento do tributo, e aí precisa saber como resolver quando o Gia da Previdência Social está em atraso.

Depois do vencimento, é preciso preencher manualmente e colocar os acréscimos de acordo com os dias em atraso. Se você tiver alguma dúvida, pode se dirigir até a Receita Federal ou ao INSS mais próximo de você.

Você pode também ir até uma instituição financeira ou nas casas lotéricas e gerar uma nova Guia da Previdência Social sem precisar ir até a Receita Federal. Você pode escolher gerar a Guia para um mês especifico ou até para um período maior, desde que não ultrapasse 5 anos.

Como calcular GPS em atraso

Para calcular o pagamento que está em atraso, é só entrar no site oficial da Receita Federal e preencher as lacunas que estão em aberto. O site fará o cálculo automaticamente para você. Se conseguir evitar o atraso, você pode pagar o tributo de maneira automática, caso contrário precisa preencher uma folha que também está disponível no site, manualmente, como explicado anteriormente.

GPS para empregada doméstica

gps em atraso

Sabemos que as leis mudaram a não muito tempo e agora as empregadas domésticas possuem todos os direitos, mesmo que com algumas mudanças, dos trabalhadores formais. A aposentadoria das empregadas, por exemplo, é obtida através do recolhimento do Guia da Previdência Social.

Nesse caso, o patrão deve recolher a contribuição da previdência até o dia 7 do mês seguinte, sujeito a multa se houver atrasos. Essa multa é 0,33%  e não pode ser descontada do trabalhador.

Para calcular, você precisa multiplicar 0,33% para cada dia em atraso. Por exemplo, se deveria ter sido no dia 7 e foi realizado no dia 14, são 7 dias em atraso. Então o cálculo seria de 0,33% x 7 que resulta num total de 2,31%.

Depois, é só multiplicar o índice acima pelo valor que seria o recolhimento sem a multa: Por exemplo, se o recolhimento normal seria de 157 reais, é só fazer 157 x 2,31%, que resulta em R$ 3,64.

Fique sempre atento para não perder as datas de contribuição, mas se um imprevisto acontecer, agora você já sabe como resolver.

 

Recomendados para você:

About doutor sabetudo

Check Also

extrato dap

Extrato Dap: como funciona, como tirar e mais!

Extrato DAP é super fácil de conseguir, explicamos do que se trata e como funciona, ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *