O que é o empréstimo com garantia?

É um tipo de empréstimo onde você coloca como garantia um bem em seu nome, como carro ou casa, na maioria das vezes.

Isso traz vantagens tanto para aqueles que querem pedir um empréstimo como também para a instituição que vai te oferecer uma linha de crédito.

Quando você oferece ao banco seu próprio carro ou casa como garantia, isso aumenta a confiança do banco no sentido de que você irá honrar o pagamento da dívida – já que você, em tese, não gostaria de forma alguma de perder o carro ou casa para o banco. Com isso, o banco entende que o risco de ele te emprestar dinheiro é menor.

Caso você não pague a dívida, o banco pode leiloar o bem que você deixou como garantia para o empréstimo. Por isso é preciso alguns cuidados ao optar por essa modalidade.

Dessa forma, como o banco vê menos risco para ele nesse tipo de operação, consegue oferecer taxas de juros e prazos menores que fiquem menos pesados para o seu planejamento financeiro pessoal.

Quais bens podem ser usados?

Na maioria das vezes, os bancos que podem te oferecer essa modalidade de empréstimo costumam aceitar como garantia alguns dos seguintes bens:

Quando você quer pedir um empréstimo, consulte com a empresa todos os termos e condições.

Taxas: como funcionam?

Por ser uma modalidade de crédito onde tem um risco de perda maior para você do que para o banco, o banco consegue oferecer taxas de juros bem mais suaves do que em outras formas tradicionais de empréstimo feitas no Brasil.

O banco entende que você tem menos chance de deixar de pagar a dívida já que isso acarretaria em você perder o carro, casa, ou outro bem de muito valor que você deixou como garantia.

Segundo o Banco Central do Brasil, em média o banco cobra por volta de 322% ao ano de juros no cheque especial.

Para empréstimo pessoal, a taxa de juros cobrada fica em algo mais próximo de 107% ao ano. Enquanto que, para empréstimo com garantia de imóvel, existem no Brasil bancos que te cobram uma taxa de juros de aproximadamente apenas 16% ao ano!

As duas modalidades citadas – cheque especial e empréstimo pessoal – representam para o banco um risco maior de o devedor eventualmente deixar de pagar e ficar inadimplente, com uma dívida em aberto – ou seja, o banco teria prejuízo se isso acontecesse.

Já no caso do empréstimo com garantia, não quitar o empréstimo significa perder a casa ou veículo. Desse modo, o devedor será muito mais cauteloso em relação a encontrar formas de quitar a dívida.

É oferecido para negativados?

A resposta é: depende. Cada banco ou fintech tem sua própria conduta em relação a este tipo de situação.

Se o cliente tem histórico de inadimplência e inclusive está com dívida em aberto constando no CPF, as financeiras podem querer fazer uma análise rígida e criteriosa do perfil financeiro do cliente.

No caso de um empréstimo com garantia, pode acontecer que seja verificado se o bem está quitado e ou com a documentação devidamente regularizada.

Colocando na ponta do lápis

Ao contratar um empréstimo, você precisa considerar cuidadosamente qual opção será mais saudável para o seu planejamento financeiro pessoal.

Vamos listar para você diversos pontos que você precisa considerar ao contratar um empréstimo com garantia.

Os valores e prazos são atrativos?

Tendo entendido que para o banco o risco de inadimplência é baixo – se você não pagar a dívida, perde a casa para o banco -, ele não precisa cobrar taxas de juros tão altas.

Usualmente, para o banco aceitar fazer um empréstimo de maior risco, ele só faria se a taxa de juros cobrada fosse mais alta para compensar o risco.

O contrário também é verdadeiro. Empréstimo de menor risco custa taxa de juro menor. Dependendo do banco, ele pode te oferecer prazos de 15 a 20 anos para pagar – valores de até R$ 1.000.000,00.

Você sempre deve pesquisar individualmente em cada banco qual deles vai te oferecer a melhor condição para o seu planejamento financeiro pessoal.

Vantagens em relação a outras modalidades

Por ser um empréstimo (linha de crédito) de baixo risco para o banco, ele pode oferecer condições de crédito menos pesadas para o seu planejamento financeiro pessoal.

  • Algumas vantagens que você geralmente encontra:
  • Prazos de pagamento muito maiores do que em outras modalidades de empréstimo.
  • Prestações (parcelas) com valor bem mais barato.
  • Taxa de juros muito menor que em outras modalidades de empréstimo.
  • Facilidade bem maior para contratação.

Use a tecnologia a seu favor e economize

Hoje, você tem uma facilidade maior para conseguir um empréstimo de forma online. Você tem a alternativa, além dos bancos tradicionais, as fintechs de crédito. Este tipo de empresa pode te oferecer empréstimo online, sem você precisar sair de casa.

Além das opções de crédito mais comuns, você pode consultar se a empresa te dá a opção de empréstimo com garantia de imóvel ou carro.

Aqui você pode ter a opção de acessar serviços  de crédito com menos burocracia, preços mais atrativos e com maior agilidade.

Considerações finais

O empréstimo com garantia pode ser uma excelente opção para quem necessita de altos valores a taxas baixas, além de prazo de pagamento estendido.

Contanto, muito cuidado ao utilizar este tipo de linha de crédito. Tenha muito bem definido o seu planejamento financeiro pessoal para evitar criar dívidas impossíveis de pagar.

Há situações onde pode ser vantajoso, mas há situações onde pode representar um grande risco para o seu planejamento financeiro e até mesmo para o patrimônio que você teve de trabalhar durante anos ou décadas para acumular.

Ao tomar este tipo de empréstimo, é extremamente recomendável que você tenha um objetivo que realmente faça sentido assumir um risco deste tamanho.

Se a intenção for tapar um buraco no orçamento causado por mau planejamento financeiro pessoal, é grande a chance de a pessoa se enrolar com a dívida e não conseguir pagar – podendo inclusive perder o carro ou casa, ficando financeiramente pior do que antes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *