pornjk.com tube600.com xpornplease.com redtube.social porn600.me porn800.me watchfreepornsex.com tube300.me
Home / Seguro Desemprego / Sacar seguro desemprego: veja como fazer!

Sacar seguro desemprego: veja como fazer!

Spread the love

Perdeu emprego e quer saber se tem direito? Veja como sacar seguro desemprego e muito mais!

Trabalhadores brasileiros que ficam desempregados têm direito ao seguro desemprego, um benefício do Governo Federal que oferece auxílio em dinheiro, por um período determinado, ou até que seja encontrado um novo trabalho. Mas você sabe como solicitar esse benefício que é um direito todo trabalhador? Saiba como sacar o seguro desemprego, documentos necessários e muito mais nesse artigo.

Como sacar seguro desemprego?

sacar seguro desemprego

O seguro desemprego pode ser solicitado na delegacia regional do trabalho, nos postos do sistema nacional de empregos, ou nas agências da Caixa Econômica Federal. No mesmo local onde é feito a solicitação também é possível sacar o seguro desemprego, desde que o trabalhador esteja portando os seguintes documentos:

  • Duas vias do requerimento do seguro desemprego e o termo de rescisão contratual.
  • Cartão do PIS-PASED ou o cartão cidadão
  • Documento de identificação pessoal
  • Os contra cheques dos três últimos meses de salário
  • Comprovante de residência.
  • Carteira de trabalho

 

Quem pode receber o seguro desemprego?

 

O seguro desemprego é um direito de trabalhadores brasileiros que se encontram desempregados após um período de trabalho. Eles podem receber o seguro desemprego durante um período determinado, ou até conseguirem um novo emprego (o que acontecer primeiro). Saiba quais os requisitos que cada tipo de trabalhador precisa atender para ter direito de sacar o seguro desemprego:

 

        Trabalhador formal

 

  • Ter sido dispensado sem justa causa;
  • Estar desempregado quando do requerimento do benefício;
  • Ter recebido salários de pessoa jurídica ou pessoa física a ela equiparada, relativos:
  1.                  a) 1ª solicitação: ter recebido 18 salários, nos últimos 24 meses imediatamente anteriores à dispensa;
  2.                  b) 2º solicitação: ter recebido 12 salários, nos últimos 16 meses imediatamente anteriores à dispensa;
  3.                  c) 3º solicitação: ter recebido seis salários consecutivos e trabalhado seis meses nos últimos 36 meses imediatamente anteriores à dispensa.
  • Não possuir renda própria de qualquer natureza suficiente à sua manutenção e a de sua família;
  • Não ter nenhum benefício previdenciário, com exceção do auxílio-acidente e pensão por morte.

Bolsa de qualificação social

  • Estar com o contrato de trabalho suspenso, em conformidade com o disposto em convenção ou acordo coletivo, devidamente matriculado em curso ou programa de qualificação profissional oferecido pelo empregador. A periodicidade, os valores e a quantidade de parcelas são os mesmos do benefício para o trabalhador formal, conforme o tempo de duração do curso de qualificação profissional.

Empregado doméstico

  • Ter sido dispensado sem justa causa;
  • Ter trabalhado, exclusivamente, como empregado doméstico, pelo período mínimo de 15 meses nos últimos 24 meses que antecederam a data de dispensa.
  • Ter, no mínimo, 15 recolhimentos ao FGTS como empregado doméstico;
  • Estar inscrito como Contribuinte Individual da Previdência Social e possuir, no mínimo, 15 contribuições ao INSS;
  • Não possuir renda própria de qualquer natureza suficiente à sua manutenção e a de sua família;
  • Não ter qualquer benefício previdenciário, com exceção do auxílio-acidente e pensão por morte.

Pescador artesanal

  • Possuir inscrição no INSS como segurado especial;
  • Possuir comprovação de venda do pescado a adquirente pessoa jurídica ou cooperativa, no período correspondente aos últimos 12 meses que antecederam ao início do defeso;
  • Não ter nenhum benefício da Previdência Social ou da Assistência Social, exceto auxílio-acidente ou pensão por morte;
  • Comprovar o exercício profissional da atividade de pesca artesanal e que se dedicou à pesca, em caráter ininterrupto.
  • Não ter vínculo de emprego ou outra relação de trabalho ou outra fonte de renda diversas da decorrente da atividade pesqueira.

Trabalhador resgatado

  • Ter sido comprovadamente resgatado do regime de trabalho forçado ou da condição análoga à de escravo em decorrência de ação de fiscalização do TEM;
  • Não ter qualquer benefício previdenciário, com exceção do auxílio-acidente e pensão por morte;
  • Não possuir renda própria de qualquer natureza suficiente à sua manutenção e a de sua família.

Conclusão

Esperamos que as dicas tenham sido úteis e que consigam com sucesso sacar seguro desemprego

Já falamos aqui em outro artigo sobre o seguro desemprego web com certificado, sugiro a leitura sobre ele.

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários.

About doutor sabetudo

Check Also

agendamento seguro desemprego

Agendamento Seguro Desemprego: veja como fazer e onde Investir o Dinheiro!

Spread the love Veja se você tem direito ao benefício e veja como é fácil ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *